Newsletter

   
KTB
show/hide Cesto de Compras (0 items)

Desintoxicação do organismo - Newsletter nº27

28/05/2014

ktb  
ktb
ktb
ktb
ktb
Maio 2014

ktbDe acordo com a definição de “saúde” da Organização Mundial de Saúde, “a saúde é um estado completo de bem-estar físico, mental e social, e não apenas ausência de doença”. Podemos afirmar hoje em dia que é precisamente essa ausência de bem-estar que caracteriza o Homem moderno de uma forma geral.

Muitas são as causas que levam ao estado de “doença latente” e uma delas, talvez aquela com maior impacto, seja a toxicidade que nos rodeia - desde o ar que respiramos aos alimentos que consumimos. É por isso de extrema importância, para nos aproximarmos do completo estado de bem-estar, a Desintoxicação do Organismo.

Xenobióticos é o termo utilizado para denominar as substâncias tóxicas que afetam o organismo e no que a estes diz respeito, infelizmente praticamente nem precisamos de sair de casa para que nos agridam.

Ao nível ambiental, a contaminação é feita sobretudo por centros industriais e agrícolas, no entanto os veículos motorizados e as lixeiras contribuem também para este sério problema.

Segue-se uma lista dos xenobióticos mais presentes:

ktb ktbMetais pesados como o alumínio, o chumbo ou o mercúrio presentes em: amálgamas dentárias, combustíveis, água da torneira, alimentos enlatados, peixe (principalmente de grande porte), pesticidas alimentares, frutas ou legumes cultivados próximos de estradas muito utilizadas

ktb Pesticidas e herbicidas nas produções agrícolas

ktb Hormonas, antibióticos e outras drogas utilizadas nos legumes, frutas e animais para consumo

ktb Alimentos processados e fumados

ktb Fritura de alimentos com óleos pouco resistentes às altas temperaturas

ktb Produtos de limpeza doméstica e detergentes.

Assim que estas substâncias entram no nosso organismo não são reconhecidas e tendem a ser “atacadas” pelas nossas células. Na melhor das hipóteses, apesar de todo o esforço que acarreta aos órgãos, conseguimos excretá-las, no entanto, a maior probabilidade é que fiquem no organismo, principalmente no caso de haver contacto contínuo com o ou os xenobióticos em causa.

A acumulação destas toxinas no organismo pode levar a uma autêntica panóplia de situações desde a doença oncológica, neurológica, a depressão ou a doença auto-imune.

ktb

Para procedermos à eliminação destas substâncias tóxicas, é imperativo ativar os órgãos de excreção - fígado, vesícula biliar, rins e bexiga.

Existem várias formas terapêuticas para promover esta desintoxicação tais como a Homeopatia, a Fitoterapia e a Alimentação.

É pois, segundo a Naturopatia, Medicinas Ayurvédica e Tradicional Chinesa, nas mudanças de estação (sobretudo da Primavera para o Verão) que as desintoxicações devem ser realizadas. Para ajudar todas estas pessoas que padecem de doença ou apenas para aquelas que querem preveni-la, propomos as seguintes medidas terapêuticas:

HOMEOPATIA

ktb

Sal de Schussler nº 10 Natrium sulfuricum Respeitando a suavidade com que os processos de desintoxicação devem ser feitos, este Sal de Schussler tem a capacidade de promover a excreção dos xenobióticos através das fezes e da urina. Pode ser tomado tanto por bebés ou crianças que estejam a fazer alguma medicação química de síntese e que inevitavelmente irá sobrecarregar o sistema hepático, como por doentes crónicos ou como prevenção.

Tomar 1 a 2 comprimidos 3 a 6 vezes por dia dependendo da idade e cronicidade da situação.

FITOTERAPIA

ktb Cardo-mariano

ktb Alcachofra

ktb Boldo

ktb Borututo

ALIMENTAÇÃO e ESTILO DE VIDA

ktb Procurar ingerir alimentos de agricultura o mais biológica possível

ktb
ktb Beber muita água (engarrafada)

ktb Consumir: clorela, spirulina e coentros (capacidade de quelação de metais pesados e antioxidantes)

ktb Aumentar consumo de alimentos ricos em vitaminas B, C, D, E, zinco, crómio, selénio, e magnésio
ktb Fazer exercício físico de forma regular

E...

ktb Promover a eliminação dos fatores intoxicantes!

ktb

Noutra vertente do nosso bem-estar e a prática de uma dieta equilibrada..., existem certos alimentos que, embora alguns saudáveis (e outros não tanto), podem ser irritantes para a sistema digestivo de algumas pessoas, provocando queixas urinárias...

ktb

Essa lista inclui frutas (como por exemplo, ameixas, amoras, cerejas, kiwi, laranja e papaia); legumes ( por exemplo batatas e milho) e certas bebidas ( leite de vaca, sumo de laranja, chá preto, café e bebidas gaseificadas).

O Glicerofosfato de Cálcio (Prelief®) é um suplemento alimentar que atua das seguintes maneiras:

ktb
  • Neutraliza os radicais ácidos dos alimentos impedindo assim a ação irritante sobre as mucosas do trato gastrointestinal;
  • Ajuda a restaurar a barreira dos glicosaminoglicanos (GAG) pela ação trófica sobre as células do urotélio. Deste modo, diminui a absorção de substâncias nocivas existentes na urina e sua ação na parede da bexiga;
  • Quando ingerido, o Prelief® é absorvido pelo intestino e uma parte é absorvida e fixada no osso (cerca de 20%) porque está disponível numa forma mais facilmente absorvida.

Modo de emprego:

Tomar 2 comprimidos três vezes por dia após as refeições.

Não ultrapassar a dose diária recomendada salvo indicação médica. Os suplementos alimentares não devem ser utilizados como substitutos de um regime alimentar variado.

Para mais informações sobre quais os alimentos que possam ser irritantes, consulte o seguinte link:

www.ktb.pt/pt/produtos/suplemento-alimentar/Prelief


ktb


ktb
ktb
ktb
ktb
Morada Estrada Nacional 249/1 Edifício SKF, Lote 1, Casal de Alfragide
2720-413 Amadora
Telefone (+351) 214 188 407 / 214 177 672 Telemóvel (+351) 91 439 62 67
Fax (+351) 214 188 409 E-mail info@ktb.pt Site http://www.ktb.pt
ktb
ktb
ktb  
© 2014 - KTB. Todos os direitos reservados.

Arquivo de Newsletters

MenteCorpoSaúde

Adoçantes artificiais

Adoçantes artificiais

Estudos clínicos demonstraram que os adoçantes artificiais estimulam o apetite, aumentam o desejo de ingerir hidratos de carbono e produzem uma varidedade de disfunções metabólicas que promovem a acumulação de gordura e o aumento de peso.

ler mais »

Newsletter do mês

Polimedicação - Newsletter nº53

Polimedicação - Newsletter nº53

Vivemos hoje em dia um enorme e arriscado problema de polimedicação, também conhecido como a “doença do saco”.

ler mais »